Alckmin acompanha Taques em vistoria a obras em Cuiabá e diz que Bolsonaro não chega no 2º turno

O pré-candidato a presidente da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, disse, há pouco, em Cuiabá, que está sendo formada uma coligação forte para sua candidatura e, até agora, conta com apoio de 5 partidos. Isso “nos garante, de saída, 20% do tempo no horário eleitoral no rádio e na TV. A campanha começa por lei, a partir de agosto, e estamos percorrendo o Brasil ouvindo a população para a gente ter o melhor plano de governo”, disse, em entrevista coletiva. Ele analisou as recentes pesquisas eleitorais e acredita que o presidenciável Jair Bolsonaro, que aparece em segundo nas intenções de votos, “não vai para o segundo turno. Não chega lá. As pesquisas neste momento não representam intenção de voto porque voto mesmo vai ser definido lá na frente quando definirem os candidatos. Muita gente tá dizendo que é candidato e não será”, cutucou, referindo-se ao ex-presidente Lula -sem citar nomes- e que está preso.  Lula aparece em primeiro nas pesquisas.

fonte: sonoticias


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*