Após racha, PT decide apoiar Wellington Fagundes em troca de palanque forte para Lula

Foto: Arquivo PT
​Após racha, PT decide apoiar Welligton Fagundes em troca de palanque forte para Lula
Após uma semana de intenso debate interno, a ala majoritária do PT conseguiu levar o partido para os braços de Wellington Fagundes (PR), pré-candidato ao Governo do Estado. O acordo foi feito com base em três prioridades do PT. A principal delas é garantir um palanque forte para o ex-presidente Lula em Mato Grosso.

“A dinâmica do PT é de dialogo, de democracia. Nós tínhamos desde o inicio colocado como prioridade colocar uma aliança de centro esquerda o que não foi possível, porque PDT, PSB e PCdoB foram tomando outros rumos e o Partido dos Trabalhadores buscou com o PR, com o senador  Welligton Fagundes a possibilidade que possamos alcançar nossas prioridades, ou seja, o presidente Lula”,  explicou Valdir Barranco, presidente do PT em Mato Grosso.

O partido estava rachado entre a ala pró-Wellington e a que defendia uma candidatura própria, encabeçada pela professora Edna Sampaio. A tese vencida sustentava que seria uma contradição o PT se coligar com o PR, partido que deu votos a favor do impeachment  da ex-presidente Dilma Rousseff.

Nesta última semana, Edna chegou a viajar para Brasília onde conversou com a direção nacional do PT, mas não foi o suficiente. No sábado (4), a legenda oficializou a campanha de Lula e a elegeu como prioridade.

Além do palanque ao presidenciável, o PT negociou com Wellington condições favoráveis à manutenção da cadeira do PT de MT no Câmara Federal, mesmo com a desistência de Ságuas Moraes em disputar a reeleição. O nome escolhido para substituílo é do da professora Rosa Neide.

Fagundes também deu ao PT condições para a reeleição de Barranco na Assembleia Legislativa e para a ampliação da bancada estadual. A candidatura de Lúdio Cabral à AL é uma das apostas do partido.

fonte: olhar direto


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*