Aprovado em concurso para policial doa cabelo para ajudar pessoas com câncer em MT após promessa

Antonio de Jesus Amorim passou três anos sem cortar o cabelo. O filho dele, de 5 anos, também ficou comovido com a iniciativa e começou a campanha junto com o pai, mas teve que parar por causa da escola.

Antonio de Jesus Amorim cortou o cabelo depois de três anos (Foto: Polícia Civil-MT/ Assessoria)

Antonio de Jesus Amorim cortou o cabelo depois de três anos (Foto: Polícia Civil-MT/ Assessoria)

Um candidato que foi aprovado em um concurso da Polícia Civil de Mato Grosso doou o cabelo para a confecção de perucas e ajudar pessoas no tratamento contra o câncer, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. Antonio de Jesus Amorim fez uma promessa de que, caso passasse no concurso, ficaria três anos sem cortar o cabelo.

O cabelo foi doado na quarta-feira passada (13).

“Sempre acompanhava as campanhas pela televisão e isso me motivou. Percebi que os cabelos ajudam no tratamento e eleva a autoestima das pessoas. Como eu queria passar no concurso também, resolvi fazer a promessa”, contou.

De acordo Antonio, o filho de 5 anos também ficou comovido com a iniciativa e começou a campanha junto com o pai.

“Ele não pode continuar, por causa da escola. Mas realizei por nós dois. Ele ficou muito feliz quando fiz a doação”, pontuou.

Mechas foram doadas para a confecção de perucas (Foto: Polícia Civil-MT/ Assessoria)

Mechas foram doadas para a confecção de perucas (Foto: Polícia Civil-MT/ Assessoria)

As mechas de cabelo foram coletadas na ação social desenvolvida pelo Rotary Clube de Sorriso em parceria com a Casa da Amizade de Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá.

Os cabelos arrecadados na ação foram encaminhados para a Casa da Amizade de Lucas do Rio Verde, que faz a confecção das perucas e, depois de prontas, retornam para o Rotary Clube.

As perucas são emprestadas para os pacientes com câncer e, quando não precisam mais usar o cabelo, a peruca é devolvida para que outra pessoa em fase de tratamento, possa usá-la.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*