Avião com coronel Fernanda caiu após peça de motor pifar

Candidata ao Senado, coronel Fernanda, seguia de Primavera do Leste a Barra do Garças, quando o piloto precisou fazer pouso forçado em uma lavoura de soja.

Avião fez pouso forçado em uma lavoura de soja.

Avião fez pouso forçado em uma lavoura de soja.

Uma análise preliminar feita pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) aponta que uma falha “em um componente interno” causou a perda de potência do motor do avião em que estava a candidata ao Senado, coronel Fernanda (Patriota).

O acidente ocorreu no último dia 15, em uma zona rural de Primavera do Leste.

De acordo com o tripulante e auxiliar de segurança operacional, Kegynaldo Vieira Nascimento, não houve falha de manutenção e nem falha humana. O laudo final do Cenipa deve sair entre 60 e 90 dias.

“Foi um componente que deu problema, ele fica dentro do motor. A gente não pode emitir nenhum parecer, nenhum laudo, o único órgão autorizado a fazer isso. Para ter algo oficial vai ter de esperar esse laudo”, afirmou.

Ainda segundo Kegynaldo, o avião tinha tempo de voo disponível antes de uma nova manutenção.

O avião Sêneca Bimotor seguia de Primavera do Leste para Barra do Garças quando caiu. A bordo estava coronel Fernanda, seu esposo coronel Wanderson, três assessores e o piloto. Apesar do susto, ninguém se feriu.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*