Avô é preso por estuprar neta por 4 anos; avó pode ter sido cúmplice

A Polícia Militar foi acionada pela família da vítima. A menina contou que era abusada desde o 7 anos de idade

Um homem de 55 anos foi preso após ser acusado de estuprar a neta de 12 anos em um assentamento na cidade de Juscimeira (a 160 km ao Sudeste de Cuiabá).

Segundo as informações, a denúncia foi feita por familiares e confirmada pela pré-adolescente que contou a polícia que desde os 7 anos de idade sofre abusos e é ameaçada pelo avô. A vítima mora com o casal de avós no assentamento.

A Polícia suspeita que a avó seja cúmplice do crime sexual.

O estuprador – que não teve o nome revelado pela Polícia Militar – foi preso em uma casa no bairro Parque Universitário, em Rondonópolis.

Uma equipe do conselho tutelar também foi acionada para acompanhar a menor nos próximos dias. Um exame clínico também será feito na adolescente.

O homem nega as acusações. Ele está preso na Central de Flagrantes e deve ser levado para a cadeia após uma audiência de custódia.

Outro caso

Nos mês passado, a Polícia Militar prendeu em flagrante um idoso de 63 anos acusado de abusar sexualmente de uma menina de 13 anos, no Distrito Entre Rios, próximo ao município de Nova Ubiratã (462 km ao Norte de Cuiabá).

A avó da adolescente, de 56 anos, que mora em uma chácara, também foi presa acusada de facilitar o crime em troca de cestas básicas e serviços com maquinários em seu sítio.

O crime foi descoberto quando uma equipe do Conselho Tutelar foi até a casa da mulher colher informações sobre outra suspeita de estupro que a menor também teria sofrido por parte de um vizinho, de 35 anos.

Após as prisões dos acusados, a adolescente foi recolhida e levada para um abrigo da cidade.

Fonte: RepórterMT


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*