Avó encontra miss morta nos fundos de casa e ‘tenta salvar vítima’

DESESPERO NA MADRUGADA

Andressa Kauara instantes antes de tirar a própria vida foi ver a avó e disse que ’estava tudo bem’.

A ex-miss Água Boa, Andressa Kauara, 27 anos, foi encontrada morta por enforcamento nos fundos de casa durante a madrugada desta quinta-feira (03) no bairro Operário, em Água Boa (730 km da Capital). O corpo foi encontrado pela avó da vítima, uma senhora de 70 anos.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, fez o isolamento do local e comunicou o fato à Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Segundo informações da avó, Andressa teria saído de casa às 19h de quarta-feira (02) dizendo que ‘iria comer um lanche com um amigo’. No entanto, voltou à residência por volta das 03h desta quinta-feira, quando conversou com a testemunha e teria afirmado que estava tudo bem.

Ainda segundo o depoimento, cerca de 30 minutos após a conversa, a senhora levantou e foi ver a neta, quando andando pela casa encontrou Andressa enforcada no quintal dos fundos.

Desesperada, a testemunha disse que correu para soltar a neta, mas percebeu que ‘já era tarde demais’ e Andressa já não tinha os sinais vitais. Momento em que começou a gritar, pedir socorro para os vizinhos e acionou a PM.

De acordo com a testemunha, a neta não dava indícios de que poderia cometer tal ato. A polícia ainda deve ouvir o amigo que teria saído com a miss na noite anterior e outras pessoas.

No local, os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado e ainda periciaram a residência para coletar evidências que indiquem a sequência dos fatos. Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia, que deve comprovar a morte por asfixia mecânica.

Os investigadores acompanharam todo o trabalho da perícia, coletaram informações preliminares, conversaram com a avó de Andressa, vizinhos e agora aguardam laudo técnito que dará base às investigações e conclusão do caso.

Andressa morava com a avó e foi miss Água Boa no ano de 2010, aos 17 anos de idade.

Peça ajuda

O CVV (Centro de Valorização da Vida) tem realizado em Cuiabá, todas as quintas-feiras, reuniões com sobreviventes ao suicídio e seus familiares. Assim como parentes de pessoas que se mataram.

Também passaram a serem gratuitas as ligações feitas ao número 188. Canal de atendimento 24 horas

Mais de um milhão de atendimentos anuais são realizados por 2.000 voluntários pelo telefone 188, pessoalmente (nos 80 postos de atendimento) ou pelo www.cvv.org.br via chat, Skype e e-mail.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*