Banco é condenado em Sinop por desrespeitar lei e fazer cliente aguardar 3 horas na fila

Uma agência bancária, localizada na avenida Júlio Campos, foi condenada a pagar R$ 3 mil de danos morais para um cliente que foi obrigado a aguardar na fila por três horas. A indenização foi fixada pelo titular da 7ª Vara Juizado Especial Cível, Tiago Souza Nogueira de Abreu.

O magistrado entendeu que o estabelecimento desrespeitou a lei municipal 680 de 2002. A legislação estipula tempo máximo de 15 minutos, em dias normais, e de 30 minutos, em dias de maior movimento, como véspera e após feriados prolongados, ou em datas de pagamentos de funcionários públicos.

Tiago considerou que, a espera por tempo superior ao previsto na lei, por si só, “não gera danos morais”. Porém, ressaltou que há situações que “ultrapassam o mero dissabor”. Para ele, o cliente da agência “aguardou durante bastante tempo” e cabe aos prestadores de serviço “tomar as providências necessárias ao bom atendimento”.

Ainda cabe recurso à sentença.

fonte: Só Notícias/Herbert de Souza


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*