Bandido invade gabinete, atira em em juiz e é morto por PM

O juiz Carlos Eduardo de Moraes e Silva foi ferido com um tiro no braço dentro do Fórum de Vila Rica (município localizado a 1.200 km ao Nordeste de Cuiabá), na tarde desta segunda-feira (1º). O bandido, conforme a PM, foi morto no momento da ação por policiais militares que fazem a segurança do local.

O criminoso, segundo informações, invadiu o gabinete e atirou contra o juiz com revólver calibre 22. Baleado, Carlos Eduardo entrou em luta corporal com o acusado, que foi morto pelos pm’s.

“Foi por volta das 15h da tarde. Ele foi morto em confronto com a Polícia Militar. O juiz está recebendo cuidados no Pronto-Socorro”, disse um soldado ao reportermt.

Conforme apurou o reportermt, o magistrado já havia recebido ameaças de morte há alguns dias. O juiz não corre risco de morte.

O local está isolado e passa por análise da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Juízes agredidos

Este é o terceiro e mais grave caso de ataque a juízes, recentemente, em Mato Grosso.

Na quarta-feira (26) de setembro, o advogado Homero Hamilcar Nedel agrediu o juiz Jorge Hassib Ibrahim com um soco no olho, dentro do Fórum de Paranatinga (município localizado a 380 km de Cuiabá).

No dia 31 de agosto, o  assassino Odinei Batista de Jesus, de 25 anos, arremessou uma garra com água contra o juiz Bruno Cesar Singulani França, de 33 anos. A situação aconteceu durante sessão do Tribunal do Júri em Nova Monte Verde (a 953 km de Cuiabá), que condenou Odnei a 20 anos de prisão por assassinato.

O condenado ainda ameaçou o juiz, ao gritar que ele merecia morrer.

Diante da onde de ataques, a Associação dos Magistrados Mato-grossenses (Amam), pediu que um estudo fosse feito para que a segurança dos magistrados fossem aumentadas, principalmente nos fóruns do interior do Estado

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*