Bandido que matou dentista durante assalto é preso em Sapezal

Devail da Silva Monteiro, 28 anos, seria de uma facção criminosa. A suspeita é que ele e um comparsa quisessem roubar a caminhonete do dentista.

A Polícia Civil prendeu Devail da Silva Monteiro, 28 anos, em Sapezal (498 quilômetros de Cuiabá). Ele é apontado como autor do latrocínio – roubo seguido de morte – que vitimou o dentista Guilherme José Mancuso, na noite do dia 19 de julho, no município de Cáceres (220 km a Oeste de Cuiabá).

Devail pertenceria a uma facção criminosa e tinha a função de executar indivíduos de facções rivais. Ele era procurado pela Polícia Civil por envolvimento na morte do dentista e estava com mandado de prisão decretado.

Conhecido como ‘exterminador’, Devail possui passagens pela Justiça pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha ou bando, corrupção de menores e falsidade ideológica.

O crime

O dentista Guilherme Mancuso chegava em casa quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta. As suspeitas são de que a dupla pretendia roubar a caminhonete Hilux do dentista, quando ele acelerou e tentou fugir dos criminosos.

Ele foi atingido por três tiros e bateu a caminhonete contra um muro de uma casa. Vizinhos que escutaram os tiros acionaram a polícia e disseram que ele estaria em companhia de uma mulher e que após os tiros ela fugiu do local.

Guilherme chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu) ainda com vida, mas morreu ao chegar no Hospital Regional.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*