Bolsonaro: “Eu não fecho nada. A vida é tão importante quanto a questão do emprego”

O mandatário, no entanto, evitou falar sobre as mudanças realizadas nessa segunda-feira (29/3) na Esplanada com a troca de seis ministros

 (crédito: Evaristo Sá/AFP - 22/3/21)
(crédito: Evaristo Sá/AFP – 22/3/21)

O presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores na manhã desta terça-feira (30/3) na saída do Palácio da Alvorada. O mandatário evitou falar sobre as mudanças realizadas ontem na Esplanada com a troca de seis ministros. Porém, voltou a criticar a política de lockdown. Ele ouviu queixas de bolsonaristas sobre o fechamento de comércios. “A política de fechar tudo, né, está matando o pessoal mesmo”, rebateu.

“Eu não fecho nada. Eu não fecho nada. A vida é tão importante quanto a questão do emprego”, apontou.

Na semana passada, o chefe do Executivo disse que a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, recuou da medida de lockdown anunciada dias antes porque sabia que os efeitos da medida seriam mais graves que o próprio coronavírus. No entanto, o mandatário distorceu a fala de Merkel, que relatou que o ato deveu-se ao pouco tempo de implementação das medidas.

Bolsonaro também chegou a dizer que os chefes de executivo locais estão “matando” a população.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*