Bombeiros usam cães farejadores em buscas por pedreiro de Mato Grosso que desapareceu há uma semana

Segundo testemunhas, Reginaldo alegou que estaria ouvindo vozes e correu desnorteado para dentro do mato, de onde não voltou mais.


Reginaldo desapareceu no dia 8 de janeiro — Foto: Divulgação

Reginaldo desapareceu no dia 8 de janeiro — Foto: Divulgação

A equipe do Corpo de Bombeiros de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, procura por um pedreiro que está desaparecido há uma semana. Reginaldo Pereira dos Santos, de 43 anos, estava na região da Agrovila 13 do assentamento Antônio Conselheiro, quando desapareceu.

Em razão do tempo do desaparecimento, nesta quarta-feira (15), os bombeiros fizeram buscas com o apoio de cães farejadores. Entretanto, ele ainda não foi encontrado.

Reginaldo teria ido à um pesqueiro participar da construção de uma obra. Segundo testemunhas, no dia em que desapareceu, ele teria dito que estava escutando vozes e saiu correndo para o mato. Desde então, não foi mais visto.

As pessoas que estavam com ele disseram que não foram atrás, porque acreditaram que ele retornaria em seguida, porém, ele não voltou mais.

Um amigo de Reginaldo afirmou que ele tem distúrbios mentais, no entanto, nunca havia passado por uma situação tão grave como este desaparecimento.

fonte: G1 MT


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*