Campeonato de futebol amador de Mato Grosso tem 420 times na disputa

Pelo terceiro ano consecutivo evento, que é maior esportivo amador do Centro-Oeste, tem apoio do Governo do Estado.
Campeonato começa no dia 23 de junho, reunindo 420 equipes de 14 municípios e segue até novembro – Foto por: Christiano Antonucci/Gcom-MT

Campeonato começa no dia 23 de junho, reunindo 420 equipes de 14 municípios e segue até novembro

O segundo maior campeonato de futebol amador do País, o Peladão Mato-grossense, chega à sua 11º edição em 2018. A abertura do evento ocorreu na noite de sexta-feira (15) no ginásio Aecim Tocantins, na Capital. Na ocasião foram apresentadas as cerca de 50 candidatas à Rainha do Peladão que representam times da competição, e divulgada a tabela dos 420 times de todo o estado que disputarão a premiação deste ano.

O presidente da equipe Novo Horizonte, Joarez José da Silva, que foi campeão da disputa do ano passado, conta que há um envolvimento de todos da comunidade na preparação para o grande campeonato. Na expectativa de um bom desempenho, os participantes da equipe se reúnem todos os domingos para bater bola e confraternizar.

“É um sonho participar de um campeonato de mais de 400 equipes, olhando o tamanho do nosso bairro, um bairro pequeno, mas que todos são apaixonados por futebol. Ser campeão do Peladão para nós é melhor que ser campeão da Copa do Mundo”, conta o presidente do time, ansioso para buscar o bicampeonato.

Na abertura, as 50 candidatas à Rainha do Peladão se apresentaram ao público. Prêmio para ganhadora é de R$ 10 mil

Conforme o organizador do campeonato, Tiego Kiesque Poli, o evento reunirá  420 equipes de 14 municípios. Nesta edição, o campeonato começa no dia 23 de junho e a final está marcada para 17 de novembro. “A cada ano que passa o Peladão vem aumentando o numero de equipes e de municípios graças a parceria de sucesso com o Governo, e de uma emenda do deputado Wilson Santos, e alguns apoiadores. A após um longo inverno parado, há três anos retomamos o projeto”, explica o organizador.

A competição é apoiada pelo terceiro ano seguido pelo Governo de Mato Grosso. Nesta edição, a contrapartida é R$ 120 mil da Seduc, e o repasse de emenda parlamentar na ordem de R$ 250 mil. Criado em 2005, o campeonato passou quatro anos parado até retornar em 2015.

O secretário adjunto de Política Educacional da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Edinaldo Gomes de Souza, destacou que o Governo tem sido um grande incentivador do esporte amador, especialmente do futebol.

“Foi criada uma parceria entre o Governo e a Assembleia Legislativa, que juntos proporcionam para o estado o maior evento esportivo amador da região Centro-Oeste, o que prova que além do incentivo ao esporte profissional, o Governo também tem dado atenção ao esporte amador”, ressalta.

No ano passado, foi arrecadado com o evento 14 toneladas de alimentos não-perecíveis, e em 2018, apenas na inscrição foram mais de 10 toneladas. A expectativa desta edição é bater a marca de 20 toneladas de alimentos para destinação a instituições de caridade.

Musas apóiam jogadores que se sentem mais entusiasmados com a vitória no Peladão do que com a Copa do Mundo

A premiação será uma caminhonete no valor de R$ 90 mil para o líder do campeonato, para o 2º colocado um carro no valor de R$ 35 mil. Já para o 3º lugar uma moto no valor de R$ 12 mil e 4ª lugar um jogo de uniforme. A primeira colocada do concurso de Rainha do Peladão receberá R$ 10 mil.

fonte: Gov. MT


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*