Cliente agride garota de programa em MT e PM faz disparos com bala de borracha para contê-lo

Hilton Taiguara de Amorim, de 46 anos, foi atingido com tiros nas duas pernas. À polícia, ele alegou que tem esquizofrenia e é dependente químico.

Hilton Taiguara de Amorim, de 46 anos, sorriu ao posar para foto após ser preso (Foto: PM/Divulgação)

Hilton Taiguara de Amorim, de 46 anos, sorriu ao posar para foto após ser preso (Foto: PM/Divulgação)

Um homem de 46 anos foi preso em um ponto de prostituição em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, na madrugada desta quarta-feira (1º), depois de agredir uma garota de programa. Segundo o boletim de ocorrência, Hilton Taiguara de Amorim precisou ser atingido com tiro de borracha para ser contido.

O G1 não conseguiu localizar a defesa dele.

De acordo com a Polícia Militar, o caso foi registrado num motel no Jardim Potiguar, na região do Zero km.

À polícia, a vítima – que tem 20 anos, relatou que foi agredida com um tapa no rosto e que Hilton estava enfurecido. Ela contou que foi abordada por ele numa casa de show. Essa seria a segunda vez que Hilton a procurou.

Na primeira ocasião, na segunda-feira (30), ela não teria recebido o valor de R$ 120 combinado, conforme o combinado entre os dois para o programa. Por receio, ela não acionou a polícia.

Hilton foi baleado com balas de borracha nas duas pernas (Foto: PM/Divulgação)

Hilton foi baleado com balas de borracha nas duas pernas (Foto: PM/Divulgação)

Ao procurá-la novamente, Hilton teria prometido quitar a dívida e pagar pelo novo programa. Após o encontro, entretanto, o cliente ficou agressivo e passou a agredir a vítima.

No local, os policiais mandaram que o cliente colocasse as mãos na cabeça, ordem que não foi acatada. Ainda segundo o boletim, Hilton teria usado de palavras de baixo calão e gestos com as mãos contra os policiais.

No mesmo momento, ele investiu contra os policiais e pegou uma pedra para tentar agredi-los.

Para conter Hilton, os policiais usaram uma arma com munição de borracha. Apesar de ser atingido, ele continuou a investir contra os policiais. Ao todo, ele foi atingido por três disparos.

Polícia apreendeu drogas e dinheiro com Hilton (Foto: PM/Divulgação)

Polícia apreendeu drogas e dinheiro com Hilton (Foto: PM/Divulgação)

Hilton foi levado para o Pronto Socorro de Várzea Grande e depois encaminhado para a delegacia. Em depoimento, ele alegou sofrer de esquizofrenia e ser dependente químico.

Ao ser preso, Hilton posou e sorriu para a foto. Com ele, foram apreendidas porções de maconha, uma garrafa com lança-perfume e R$ 174 em espécie.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*