Criminosos usam foto de agente de trânsito de MT para aplicar golpes

Segundo a polícia, golpistas oferecem carros e motos com valores abaixo do mercado, ofertam CNH sem testes de habilitação e outras vantagens indevidas. Agente descobriu o golpe por meio de conhecidos que foram assediados pelos criminosos.

Foto de agente de trânsito é usada para golpes (Foto: TVCA/Reprodução)

Foto de agente de trânsito é usada para golpes (Foto: TVCA/Reprodução)

Criminosos estão usando foto do servidor público, João Bosco de Campos, que é agente de trânsito, da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), para aplicar golpes. Eles oferecem carros e motos, que supostamente iriam a leilão, por preços mais baixos, além de carteira de habilitação sem aulas práticas ou testes, e outros serviços ilegais. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com as investigações, os crimes ocorrem por meio de mensagens de celular, onde os criminosos fingem ser o servidor. Pelo menos quatro números diferentes de telefone já foram utilizados para aplicar os golpes.

João Bosco diz que soube que a foto dele estava sendo usada em mensagens falsas, através de amigos.

“Um amigo de uma colega contou a ela que havia feito um depósito de R$ 800 para conseguir uma vantagem e depois perguntou se ela me conhecia. Foi assim que fiquei sabendo do que estava acontecendo”, relatou.

João registou boletim de ocorrência e estima que a foto dele venha sendo utilizada para aplicar golpes desde o ano passado.

O delegado Bruno Lima diz que em situações como esta, a pessoa que se beneficia deste tipo de golpe também comete delito, e pode ser indiciada por tentar bular regras do sistema público.

O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antônio Figueiredo Neto, informou que a secretaria dispõem de meios que podem ajudar as possíveis vítimas a identificar se a mensagem é verdadeira ou não.

“A pessoa que receber uma mensagem como esta pode procurar a secretaria e verificar a veracidade da informação”, explicou.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*