Delegado mantém preso acusado de matar vice-prefeito em Mato Grosso

O delegado da Polícia Civil, Deuel Paixão de Santana confirmou que pediu a prisão do acusado de assassinar a tiros o vice-prefeito de Serra Nova Dourada (1.019 quilômetros de Cuiabá), Joelson Pereira Dias, de 38 anos. (foto).“Após o interrogatório, designamos uma equipe para ir até o local e as circunstâncias apresentadas não bateram muito com o relato inicial. Diante disso, por não ter informado os fatos corretamente e também por não ter apresentado a arma, decidimos delibera pela manutenção da prisão. O suspeito afirmou que Joelson teria avançado para agredi-lo, mas isso não ocorreu. Agora, ficará por conta do judiciário decidir na audiência de custódia qual será o encaminhamento dele”, disse Santana em entrevista ao Só Notícias.

O crime ocorreu na última quarta-feira à noite, em um bar. Joelson foi atingido por ao menos três tiros de revólver calibre 38. Ele chegou a ser socorrido e levado por uma ambulância ao Pronto Atendimento, mas a médica plantonista constatou que ele já estava sem vida. O sepultamento dele ocorreu, ontem à tarde, em Serra Nova Dourada.

O suspeito se apresentou pouco tempo depois de cometer o crime na delegacia. De acordo com o delegado, no primeiro interrogatório ele contou que “os disparos foram efetuados após um desentendimento. A confusão ocorreu por conta de um som. O suspeito que é dono do bar diminuiu o volume do som por causa de reclamações. O vice-prefeito se levantou e aumentou novamente. Ficaram nessa sequência por um período. O proprietário do bar diminuía e ele aumentava. Chegou em um certo momento que o acusado se irritou com a situação, desligou o aparelho e cometeu o crime”.

O suspeito afirmou aos policiais que a arma do crime foi jogada no rio Mureré durante o deslocamento ao município de Bom Jesus do Araguaia, onde ocorreu sua apresentação. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) analisou o local onde Joelson Pereira foi morto e ainda vai apontar, em um laudo, outros detalhes.

fonte: Só Notícias/Cleber Romero (foto: arquivo pessoal)


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*