EM SINOP: Roberto Dorner avalia que Rosana não cumpriu promessas e reafirma pré-candidatura

roberto dorner 680

Empresário Roberto Dorner admite que pandemia da Covid dificulta mobilização de candidatura, mas afirma que vai disputar eleição à prefeitura de Sinop

O empresário Roberto Dorner reafirma sua pré-candidato a prefeito de Sinop (a 500 km de Cuiabá) pelo Republicanos. No entanto, admite que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) está prejudicando as articulações para viabilizar sua candidatura à sucessão da prefeitura Rosa Martinelli (PL).

“Com essa pandemia, onde não podemos fazer aglomerações, fica difícil avançar nas conversações. Por enquanto, não podemos fazer reuniões nem percorrer bairros e comunidades para conversar com as pessoas. E para piorar, nem o calendário eleitoral está definido”, declarou Dorner.

Devido à pandemia, o Senado aprovou o adiamento das eleições municipais para 15 e 29 de novembro. Ocorre que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já avisou que não há votos suficientes para aprovação pelos deputados federais.

Dorner, que concorreu a prefeito pelo PSD em 2016 e foi derrotado por Rosana, afirma que a prefeita está fazendo uma gestão aquém do prometido. Segundo ele, a prefeita não está conseguindo cumprir o que prometeu ao eleitorado sinopense.

“Em 2016, a prefeita prometeu muito e não conseguiu cumprir quase nada. Na época, eu alertei a população. E parte da equipe dessa gestão, se mostrou ineficiente. Agora, no final veio a pandemia que prejudicou muito a gestão, justamente no final, quando as obras começam a aparecer. Mas infelizmente, a avaliação não é positiva”, completou.

Em 2016, Rosana fez 39,55% dos votos enquanto Dorner obteve 33,96%. O terceiro candidato, Dalton Martini (PP), ficou com 26,48%.

fonte: Rdnews


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*