Embrapa abre inscrições para 12 cursos gratuitos de capacitação a distância

OPORTUNIDADE

Todo o conteúdo dos cursos foram elaborados pelas equipes técnicas da empresa e possuem linguagem adaptada para o ensino a distância.

Por Canal Rural

Foto: Pixabay

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) está disponibilizando 12 novos cursos gratuitos de capacitação a distância. No mês de abril, a entidade já havia disponibilizados mais de dez modaliddes em meio às medidas restritivas como forma de contenção ao novo coronavírus.PUBLICIDADE

Todo o conteúdo dos cursos foram elaborados pelas equipes técnicas da empresa e possuem linguagem adaptada para o ensino a distância e para o curso específico. Os programas compreendem diversas cadeias produtivas. Confira:

Objetivos: Compreender a importância do manejo do solo como a base da sustentabilidade dos sistemas integrados de produção; conhecer as etapas necessárias para um bom condicionamento do solo; compreender o conceito e as propriedades que influenciam na erodibilidade do solo; descrever os tipos de erosão, as formas de manifestação e as práticas conservacionistas para evitar; Adquirir uma visão geral sobre as etapas para construção da fertilidade do solo assim como dos sistemas de preparo.

Público: Técnicos, estudantes, produtores e demais profissionais atuantes no setor agropecuário

Período de realização: O participante terá 30 dias para conclusão do curso, a contar da data da sua inscrição.

Carga horária: 10 horas

Inscrições: a partir de 4 de junho

Objetivos: Adquirir uma visão geral sobre a estratégia de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF); conhecer as modalidades e os componentes dos sistemas de integração; compreender os pré-requisitos necessários para planejamento e implantação do sistema; conhecer exemplos de sistemas reais de integração (Sistema Barreirão, Sistema Santa Fé, Sistema Santa Brígida, Sistema São Mateus).

Público: Técnicos, produtores, professores e estudantes de ciências correlatas e demais profissionais atuantes no setor agropecuário.

Período de realização: O participante terá 30 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 15 horas

Inscrições: Abertas 

Objetivos: Adquirir uma visão geral sobre os impactos do clima na agricultura;  conhecer as ações governamentais e políticas públicas voltadas para a agricultura de baixa emissão de carbono;  compreender os aspectos gerais das tecnologias agrícolas que podem ser aplicadas no campo para reduzir as emissões de carbono.

Público: Técnicos, produtores, professores e estudantes de ciências correlatas e demais profissionais atuantes no setor agropecuário.

Período de realização:  O participante terá 30 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 10 horas

Inscrições: Abertas 

Objetivos:  compreender as características, preceitos, premissas, conceitos e benefícios do Sistema de Plantio Direto; conhecer as etapas básicas de planejamento e implantação do Sistema de Plantio Direto.

Público: Técnicos, produtores e demais profissionais atuantes no setor agropecuário e professores e estudantes de áreas correlatas.

Período de realização: O participante terá 30 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 15 horas

Inscrições: Abertas 

Objetivos: Apresentar as vantagens e limitações do uso da fertirrigação em cultivos agrícolas; descrever os equipamentos e acessórios adequados os diferentes sistemas de irrigação e seus usos; descrever formas de dimensionar as variáveis envolvidas no processo de fertirrigação; capacitar os participantes quanto ao conhecimento dos equipamentos necessários, dos fertilizantes, e sobre cálculos, manejo e monitoramento da fertirrigação.

Público: Agrônomos, técnicos agrícolas, agentes de Assistência Técnica, produtores, professores e estudantes da área agrícola e interessados em desenvolver habilidades no uso e manejo de fertilizantes e agroquímicos via irrigação.

Período de realização: O participante terá 30 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 32 horas 

Inscrições: Abertas 

Objetivos: Compreender conceitos básicos sobre gestão da atividade rural, sistema de custos e avaliação econômica; compreender os fatores externos e internos que afetam os resultados econômicos; conhecer um case de análise econômica de um sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF).

Público: Técnicos, produtores e demais profissionais atuantes no setor agropecuário, além de professores e estudantes de áreas correlatas.

Período de realização: O participante terá 30 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 15 horas

Inscrições: Abertas 

Objetivos: Identificar e reconhecer os diferentes estágios de degradação das pastagens; diferenciar os processos de recuperação e renovação de pastagens para propor estratégias planejadas e definidas a partir de critérios técnicos; analisar, propor recomendações e escolher as melhores técnicas e manejos em razão da escolha da espécie forrageira.

Público: Produtores rurais, técnicos, estudantes e demais profissionais atuantes no setor agropecuário.

Período de realização: O participante terá 30 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 15 horas 

Inscrições: A partir de 1º de junho 

Objetivos: Ao final do curso, os participantes deverão ser capazes de propor práticas para implantar sistemas agroflorestais em pequenas propriedades (menor que 3 ha), considerando o papel das árvores quanto a aspectos produtivos e de proteção.

Público: Agentes multiplicadores, agricultores familiares, professores, estudantes e técnicos com potencial de atuação no território de Sobral, bem como outros envolvidos e interessados no tema sistemas agroflorestais em outros territórios do Brasil.

Período de realização: O participante terá 21 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 16 horas

Inscrições: Abertas 

Objetivos: Apontar as diferenças entre o biodiesel e os combustíveis fósseis, bem como enumerar as vantagens do biodiesel para o meio ambiente; identificar e descrever os processos de produção de biodiesel mais empregados pela indústria; enumerar os parâmetros de avaliação do biodiesel; identificar os aspectos que garantem a qualidade do biodiesel; descrever a importância do biodiesel na matriz energética do Brasil e do mundo; enumerar os principais países produtores de biodiesel e as principais matérias-primas utilizadas em sua produção.

Público: Estudantes, técnicos, profissionais de áreas relacionadas à Química, bem como a empreendedores que buscam informações sobre o setor de biodiesel.

Período de realização: O participante terá 30 dias para conclusão do curso, após a inscrição

Carga horária: 20 horas

Inscrições: Abertas 

Objetivos: Caracterizar os dejetos e identificar quais componentes estão presentes, sua origem e destino mais adequado do ponto de vista ambiental e agronômico; calcular doses de dejetos a aplicar no solo de acordo com a demanda das culturas e eficiência agronômica dos nutrientes contidos nos dejetos suínos; estimar o consumo de água e os fatores que influenciam no consumo excessivo em granjas de suínos, bem como as metodologias para controlar esse excesso; definir as vantagens da adubação orgânica e organomineral em relação ao mineral, também suas dificuldades e gargalos.

Público: Profissionais das áreas de agronomia, engenharia sanitária e ambiental ou agentes públicos de fiscalização ambiental.

Carga horária:  20 horas

Inscrições: Abertas 

Objetivos: Entender o que é fome oculta, suas causas e soluções para combater este problema; explorar o conceito de biofortificação, excluindo os eventuais equívocos quanto à transgenia; reconhecer as vantagens da técnica de biofortificação e os seus benefícios para a saúde e para o desenvolvimento agrícola; Compreender o papel da Embrapa na segurança nutricional, bem como da história da fundação da Rede BioFORT; conhecer as cultivares biofortificadas já lançadas e suas características sensoriais; identificar as ações envolvendo a biofortificação nos estados onde as mesmas ocorrem; analisar o cenário nutricional no mundo e das expectativas com a biofortificação.

Público: Produtores, extensionistas, professores, pesquisadores, estudantes, dirigentes e técnicos de agroindústrias; representantes de órgãos de fomento e formuladores de políticas públicas.

Carga horária: 20 horas

Incrições: Abertas 

Objetivos: As bases teóricas de temas como matéria orgânica, aproveitamento de resíduos e compostagem, e informações detalhadas sobre planejamento, condução e avaliação de processos de compostagem, além das principais formas de utilização de compostos orgânicos.

Público: Profissionais que trabalham ou pretendem trabalhar com compostagem.

Carga horária: 10 horas 

Inscrições: Abertas 


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*