Ex-prefeito é alvo do Gaeco e da PF por obras superfaturadas em Mato Grosso

Informações preliminares apontam que as fraudes alcançaram a cifra de R$ 360 mil

Uma operação conjunta entre a unidade do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Cáceres, Polícia Federal e Promotoria de Justiça de Rio Branco (356 km de Cuiabá) realizada nesta segunda-feira (15) resultou na apreensão de dois veículos, sendo um Honda Civic e uma Eco Sport, no município de Rio Branco.

Os veículos foram encaminhados para a unidade do Gaeco de Cáceres.

De acordo com informações do Gaeco, os mandados foram cumpridos em uma revendedora de veículos em Rio Branco e nas residências do ex-prefeito do município, Antonio Xavier de Araujo, o Totonho, e da esposa do ex-secretário de Finanças, já falecido. As investigações apontam para um suposto esquema de desvio de recursos do município com a utilização de “laranjas”.

O inquérito policial, instaurado pela Polícia Federal com base em investigações conjuntas com o Gaeco de Cáceres e a Promotoria de Justiça de Rio Branco, apurou que mais da metade dos valores inicialmente contratados com a Prefeitura para execução de obras no município eram repassados da empresa contratante para contas pessoais de servidores públicos municipais.

O esquema criminoso contaria ainda com aditamentos contratuais objetivando aumentar o valor final da obra. A investigação aponta indícios de autoria e materialidade dos crimes de responsabilidade, de corrupção passiva previsto no artigo 317 do Código Penal e de corrupção ativa previsto no artigo 333 do Código Penal.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*