Governador Mauro Mendes anuncia mais 169 leitos de UTI Covid em Mato Grosso •500 leitos clínicos • R$ 69 milhões para prefeituras; veja mais medidas

Ele disse que seu governo “lutará com todas as forças para evitar lockdown em Mato Grosso”.

• Mauro confirmou a instalação 169 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva em diversas cidades. O Estado tem hoje  486 UTIs no Estado, que atualmente são 497 e 96% estão ocupados. Os 169 leitos custarão mensalmente R$ 9 milhões para o governo estadual.  O total geral de investimentos mensais que o governo passa a fazer é de R$ 35 milhões/mês.

• Estão sendo criados 500 novos leitos clínicos com suporte ventilatórios com municípios que firmaram parcerias com o governo. O tipo 1 tem respirador (cada município recebe do ministério da Saúde R$ 478 por diária, o Estado entra com cerca R$ 478 e receberá faturamento da internação). O leito tipo 2 é leito com cateter e equipamentos não invasivos e tem que funcionar em hospital habilitado (governo federal banca diária de R$ 300 e Estado outros R$ 300).  O leito tipo 3 tem oxigênioterapia que não precisa funcionar em hospital e a prefeitura pode definir o local (Estado pagará R$ 400 por dia).

• O governo do Estado enviará, dentro de 5 dias, R$ 69,8 milhões referente a créditos de 2016, 2017, 2018, da administração anterior do Estado, e Mauro autorizou pagar em parcela única “para que todos municípios possam tomar providências na atenção primária”, como compra de medicamentos e contratação de profissionais.

• Outro repasse será de R$ 6 milhões, referente a março, que seria pago em abril, o governo do Estado está antecipando o pagamento para as prefeituras reforçarem o combate a Covid.

• Contratação de 160 leitos de UTI home care Covid em hospitais regionais em Cuiabá, Sinop e Rondonópolis, que está sendo usado “com sucesso pela Unimed e ajudou muito no atendimento em casa de pessoas que estão se recuperando”.

• Compra de 1 mil cilindros de oxigênio para auxiliar municípios na montagem de leitos clínicos nos municípios. “É um reforço, uma atitude preventiva”, disse Mauro.

• Incentivos financeiro para os 141 municípios criarem centro de triagem para diagnóstico da Covid, a exemplo do implantado pela secretaria estadual de Saúde na Arena Pantanal, em Cuiabá.

• Compra de 500 mil testes antígenos que serão enviados aos municípios para reforçar o diagnóstico precoce.

Mauro disse que o governo do Estado está viabilizando mais equipamentos Bipap que ajuda muito na recuperação das pessoas que estão se recuperando evitando que o quadro clínico evolua para e tenha que ir para UTI.

“É uma estratégia mais agressiva, não estamos poupando recursos porque ninguém podem garantir até quando vai essa pandemia, a reinfecção já é realidade e não estamos medindo esforços”.

“O governo construiu novas medidas dialogando com classe médica, prefeitos, fornecedores (insumos para combater a doença)”.  “Estamos com 60 pessoas nas fila em Mato Grosso por vaga em UTI”.  “Muitas medidas, anunciadas semana passada, não deram o resultado esperado. “A situação é muito crítica em praticamente todos os Estados.

A estimativa do governo estadual é de R$ 227 milhões investidos no programa anunciado, há pouco, pelo governo.

Continuam vigorando até o próximo dia 18 o decreto do toque de recolher, das 21h às 5h, grande parte do comércio funcionando até às 19h e demais medidas para conter aglomerações.

Em instantes mais detalhes.

Fonte: Só Notícias (foto: Mayke Toscano/assessoria – atualizada 15:22h)


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*