Greve de caminhoneiros impacta carga de energia em maio, que fica estável, diz ONS

Sistema vinha apresentando crescimento nos últimos meses

Linhas de energia conectando torres de eletricidade de alta tensão, em Brasília - energia - setor elétrico - distribuidora - aneel - distribuição - elétrico (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters)

A carga de energia do sistema interligado do Brasil ficou praticamente estável em maio, com alta de 0,1%, após subir em março e abril, em meio a impactos da greve de caminhoneiros sobre a demanda nas últimas duas semanas do mês, apontou em boletim nesta sexta-feira o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

“O comportamento da carga do sistema, que vinha apresentando sinais de crescimento em decorrência da retomada da economia, teve seu desempenho impactado pelo cenário do mercado externo e pelas incertezas econômicas e políticas”, afirmou o ONS, ressaltando também os efeitos da paralisação de caminhoneiros.

fonte: época negócios


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*