Indígenas são detidos com armas e arara abatida escondida em porta-malas de carro após caça em MT

Indígenas afirmaram que estavam caçando em uma fazenda com autorização do proprietário. No porta-malas do veículo foi encontrada uma ave da espécie arara Canindé.

Indígenas foram detidos com armas e arara abatida escondida em porta-malas de carro em Pontes e Lacerda (Foto: Polícia Rodoviária Federal de MT)

Indígenas foram detidos com armas e arara abatida escondida em porta-malas de carro em Pontes e Lacerda (Foto: Polícia Rodoviária Federal de MT)

Cinco indígenas foram detidos nessa quarta-feira (27) ao serem flagrados com armas e uma arara abatida escondida no porta-malas do carro em que ele estavam, em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá.

O grupo foi abordado por policiais rodoviários no km 344 da BR-174, em Pontes e Lacerda. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os policiais abordaram um veículo, modelo Strada Adventure, com placas de Tangará da Serra, cidade a 242 km da capital.

Cinco ocupantes, de origem indígena, sendo 3 maiores de idade e 2 menores – de 17 e 13 anos, estavam no automóvel. Os policiais não informaram a etnia dos índios.

De acordo com a PRF, ao revistar o interior do veículo, foram encontradas três espingardas calibre 22 e uma garrucha calibre 22. No porta-malas do veículo foi encontrada uma ave da espécie arara Canindé.

A ave, segundo os próprios indígenas, foi abatida pelo adolescente de 17 anos, filho do condutor. Foram encontrados 105 cartuchos de calibre 22 com um passageiro.

Os indígenas afirmaram que estavam caçando em uma fazenda, no km 342 BR-174, com autorização do proprietário, que reside na cidade de Conquista D’Oeste, a 571 km de Cuiabá.

Os indígenas e as armas foram levados para a Polícia Civil de Pontes e Lacerda. A ave foi enterrada pelos policiais rodoviários.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*