Irã conta com gol contra no fim e bate Marrocos em duelo de azarões

Com o triunfo, o seu segundo em Mundiais, o Irã soma seus primeiros três pontos e assume provisoriamente a liderança do Grupo B da Copa do Mundo. Favoritas da chave, as seleções de Espanha e Portugal se enfrentam ainda nesta sexta, às 15 horas (de Brasília), em Sochi.

Na próxima rodada, na quarta-feira que vem, o Irã desafiará a Espanha a partir das 15 horas, em Kazan. Já Marrocos tentará se reabilitar diante de Portugal de Cristiano Ronaldo no mesmo dia, mas às 9 horas.

O Jogo –  Com postura agressiva, Marrocos começou pressionando e criou as primeiras chances de gol da partida. Aos 18 minutos, após lançamento na área e bate-rebate, a bola sobrou para o zagueiro Benatia, que chutou em cima do goleiro Beiranvand.

Depois do início promissor, os africanos diminuíram o ritmo e só voltaram a assustar aos 29 minutos, quando o meia Harit tabelou pela esquerda, invadiu a área, mas finalizou fraco, nas mãos do arqueiro iraniano.

O time asiático deixou para dar as caras no fim do primeiro tempo. Em rápido contra-ataque, Azmoun, conhecido como “Messi iraniano”, carregou a bola até a entrada da área, mas se atrapalhou e bateu em cima do goleiro marroquino, que fez nova defesa no rebote para o manter o placar zerado.

A etapa complementar, assim como a inicial, iniciou com Marrocos buscando mais o jogo e o Irã apostando no erro do adversário. Ambos os intentos, contudo, não foram adiante muito em função da quantidade excessiva de faltas e dos inúmeros erros de passes de ambas as equipes.

Na tentativa de mudar o panorama da partida, o português Carlos Queiroz, técnico do Irã, colocou o atacante Taremi na vaga do meia Shojaei. O treinador francês Hervé Renard respondeu com duas mudanças simultâneas: entraram o atacante Bouhaddouz e o armador Sofyan Amrabat.

O primeiro lance de perigo do segundo tempo ocorreu só aos 35 minutos, quando Ziyach, artilheiro do Campeonato Holandês pelo Ajax, arriscou de fora da área e exigiu grande defesa do goleiro iraniano, que seria decisivo no resultado do jogo. Isso porque, aos 49 minutos, após cobrança de falta pela esquerda, o atacante marroquinho Bouhaddouz testou contra a própria meta, determinando o revés de seu país.

FICHA TÉCNICA
MARROCOS 0 X 1 IRÃ

Local: Estádio Krestovsky, em São Petersburgo (Rússia)
Data: 15 de junho de 2018 (Sexta-feira)
Horário: 12h(de Brasília)
Árbitro: Cuneyt Cakir (Turquia)
Assistentes: Bahattin Duran (Turquia) e Tarik Ongun (Turquia)
Público: 62.548 torcedores
Cartão Amarelo: El Ahmadi (Marrocos); Shojaei e Jahanbakhsh (Irã)
Cartão Vermelho: 
Gol:
Irã: 
Aziz Bouhaddouz (contra)

MARROCOS: El Kajoui; Achraf Hakimi, Medhi Benatia e Romain Saiss; Mbark Boussoufa, Hakim Ziyach, Karim El Ahmadi e Amine Harit (Manuel da Costa); Noureddine Amrabat (Sofyan Amrabat), Ayoub El Kaabi (Aziz Bouhaddouz) e Younes Belhanda
Técnico: Hervé Renard

IRÃ: Alireza Beiranvand; Ramin Rezaeian, Roozbeh Cheshimi e Morteza Pouraliganji; Karim Ansarifard, Omid Ebrahimi (Pejman Montazeri), Ehsan Hajisafi e Masoud Shojaei (Mehdi Taremi); Alireza Jahanbakhsh (Saman Ghoddos), Sardar Azmoun e Vahid Amiri
Técnico: Carlos Queiroz

fonte: gazeta esportiva


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*