Jovem de 20 anos é presa pela 2ª vez em menos de dois meses com quase mil pinos de cocaína em MT

Suspeita de tráfico de drogas foi presa quando desembarcava na rodoviária de Sorriso, após denúncia feita à PM. Ela já havia sido presa em maio deste ano por porte ilegal.

Pinos de substância análoga à cocaína foram apreendidos com jovem de 20 anos em Sorriso (Foto: Rafael Souza/Portal Sorriso)

Pinos de substância análoga à cocaína foram apreendidos com jovem de 20 anos em Sorriso (Foto: Rafael Souza/Portal Sorriso)

Quase mil pinos de substância análoga à cocaína foram apreendidos pela Polícia Militar na rodoviária de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, na noite de sábado (30). A droga foi encontrada com Kassyele Bianca Lopes dos Santos, de 20 anos.

Segundo a PM, a prisão e apreensão ocorreu após uma denúncia anônima sobre uma jovem que supostamente transportava entorpecente dentro de um ônibus que havia saído de Cuiabá.

À polícia, a jovem disse que seguia para Sinop, a 503 km da capital, o que levou a polícia a suspeitar que ela comercializada a droga nos dois municípios.

Segundo o tenente PM Ítalo Portes, Kassyele foi revistada assim que desembarcou do ônibus carregando a sua bagagem.

“Dentro da bolsa de mão dela havia uma sacola plástica com três invólucros, sendo um deles de um tablete de substância análoga de cocaína e os outros dois com pinos de substância análoga à cocaína. Então, ela foi conduzida por tráfico de drogas”, disse.

Segundo a PM, foram feitas buscas na residência da suspeita, em Sorriso, onde foram encontrados mais uma pedra de pasta base de cocaína, bem como outros pinos de cocaína e recipientes para embalar cocaína para o comércio.

Essa foi a maior apreensão de cocaína no ano em Sorriso.

“Contamos 990 pinos cheios com a droga e mais oito, dentro da casa dela, fora mais de mil pinos sem nada dentro”, disse o tenente.

Kassyele foi levada a delegacia e está presa, à disposição da Justiça. EM maio deste ano, ela já havia sido detida por porte ilegal de arma de fogo. Na época, a polícia descobriu que a jovem estava guardando a arma na casa dela e que iria entregá-la para uma dupla de criminosos que planejava cometer homicídios em Sorriso a pedido de uma facção criminosa.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*