Laudo aponta que 3 homens com pés e mãos amarrados foram executados com tiros nas cabeças em Itanhangá-MT

O laudo preliminar da necropsia feita nos corpos dos três homens encontrados, em avançado estado de decomposição, em área de vegetação de uma fazenda, na comunidade rural São Marcos, entre Itanhangá e Tapurah (100 km de Lucas do Rio Verde), apontou que todos foram assassinados com tiros na cabeça. “O estado de decomposição estava muito avançado. A princípio, só posso dizer que foram assassinados com tiros na cabeça, porém, devido ao estado (avançado de decompsição) não dá para precisar quantos (tiros) foram”, explicou, ao Só Notícias, o gerente do Instituído Médico Legal (IML) em Sorriso, Ediel de Castro.

O próximo passo é identificar as vítimas. “Encontramos um documento apenas com um deles. Porém, não é possível afirmar que seja realmente a vítima. Não dá para comparar a fisionomia com a foto”, acrescentou. Serão feitos exames de papiloscopia para tentar identificá-los através das digitais.  Se as identidades não forem confirmadas, ficarão no IML por 30 dias até serem liberados para os procedimentos fúnebres. “Os corpos só passarão por exames de DNA se algum familiar reclamar o corpo. Se não forem identificados serão sepultados como indigentes”, concluiu o gerente.

Até o momento, ninguém foi preso ou identificado acusado dos assassinatos. A polícia ainda está investigando as circunstâncias e motivação do crime.

fonte: sonoticias


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*