MACABRO: Prefeitura retira mortos para construir prédio no lugar de cemitério

O cemitério tem mais de 100 anos de sepultamentos e, em agosto de 2017, foi repassado pela prefeitura pera a iniciativa privada.

Restos mortais de pessoas que foram sepultadas em um cemitério ao longo de mais de 100 anos serão retirados para a construção de um prédio em Cáceres (220 km a Oeste de Cuiabá). O encerramento das atividades do cemitério São Miguel Arcanjo foi publicado no Diário Oficial dos Municípios.

O terreno onde o cemitério está instalado foi repassado para a iniciativa privada em agosto do ano passado. Após a retirada dos restos mortais, serão instaladas unidades com foco em assistência para trabalhadores do ramo de transportes.

Após os corpos serem exumados, os familiares terão a opção de levá-los para outros cemitérios ou, conforme a publicação, para uma capela de ossos e velas.

A Prefeitura de Cáceres também agendou uma audiência pública para o dia 28 deste mês no Centro Comunitário da Comunidade Nossa Senhora do Carmo, no bairro Junco.

Os restos mortais sobre os quais os parentes não se pronunciarem serão guardados seguindo o que for definido na audiência.

“A desafetação do imóvel de uso especial onde encontrasse instalado o Cemitério São Miguel Arcanjo tem área total de 11.714,50 m², objeto da Matrícula nº 8083, parte da qual com superfície de 6.000,19 m² será feita doação ao SEST SENAT para edificação de uma unidade operacional padrão DN para prestação de serviços a usuários do setor de transportes, visando ao desenvolvimento profissional, capacitação e melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores, seus dependentes e população circunvizinha e o remanescente do imóvel será ocupado pela edificação de uma creche, já contando o empreendimento com recurso alocado e expedida a ordem de serviço para o início de execução do educandário”, diz trecho da publicação.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*