Mato Grosso tem 114 mortos por Covid-19 em 24 horas e bate novo recorde negativo

 

Mato Grosso tem 114 mortos por Covid-19 em 24 horas e bate novo recorde negativo

Mato Grosso chega a um dos piores momentos da pandemia de Covid-19 e registra, nesta segunda-feira (22), 114 mortes pela doença em apenas 24 horas. O boletim ainda não foi divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), mas os dados já constam no ‘Painel Covid’, que foi atualizado no início da tarde de hoje. Agora, o Estado se aproxima das sete mil pessoas que perderam a vida para o vírus.

No último domingo, eram 6.813 óbitos registrados pela Secretaria de Saúde. Porém, nesta segunda-feira, o número de mortes subiu para 6.927.

Com o fechamento destes novos dados, Mato Grosso ultrapassa o recorde negativo da segunda-feira passada (15), quando 86 pessoas perderam a vida para a Covid-19. Naquele dia, o total de óbitos no Estado era de 6.456.

Isso mostra que, em apenas uma semana, 471 pessoas morreram vítima do coronavírus.

O número de casos confirmados passou de 286.693 para 289.286, totalizando 2.593 em apenas 24 horas. Atualmente, 2.189 pessoas estão internadas, sendo 824 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 14.970 estão em isolamento domiciliar.

Medidas

O presidente do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo Oliveira, afirmou que o governador Mauro Mendes (DEM) assumiu compromisso de não decretar nenhum feriado antes da próxima sexta-feira (26). Porém, admitiu que – diante da atual situaçao da pandemia de Covid-19 – cresce a chance de acontecer um lockdown no Estado.

Porém, segundo Gustavo, é  importante que todos compreendam qual é o real cenário que estamos enfrentando. Ele cita o colapso da saúde e o baixíssimo índice de isolamento social em Mato Grosso, que oscila entre 36% e 40%. “Precisamos chegar a a um mínimo de 55%, até que a pressão sobre os hospitais diminua”.

Corre pelos bastidores do Palácio Paiaguás que a possibilidade de um lockdown de dez dias tem ganhado força entre deputados e outros Poderes. O intuito seria manter apenas serviços essenciais, com objetivo de frear o avanço do vírus.

Tanto o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), marcaram para terça-feira (23) o anúncio de novas medidas contra o avanço da Covid-19.

Fonte: Olhar Direto


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*