Mauro Mendes assina concessão de rodovia no Nortão; empresa terá um ano para fazer melhorias

O contrato de concessão dos 188,2 quilômetros da rodovia MT-320, entre Alta Floresta, Carlinda, Nova Canaã do Norte, Colíder e Nova Santa Helena, que passam a ser administrados pela concessionária Via Brasil, foi assinado hoje pelo governador Mauro Mendes, autorizando o início dos trabalhos de recuperação das vias. Com isso, em até 45 dias, e após apresentação secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) do plano de trabalho, a concessionária poderá dar início aos serviços. A expectativa, segundo o Estado, é que cerca de 112 mil pessoas de cinco municípios do norte do Estado serão beneficiadas.

consórcio arrematou o lote referente a MT-320 e MT-208, trecho de Alta Floresta, em leilão realizado na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), no mês de fevereiro do ano passado. Inicialmente, ele terá uma série de serviços obrigatórios, chamados de preliminares para serem executados num período de um ano, como limpeza da pista e acostamento, recuperação preliminar de pavimento, tratamento do canteiro central, restauração preliminar de artes especiais, complementação de dispositivo de proteção e segurança, recuperação de sinalização vertical e revitalização da horizontal, recuperação de passivos ambientais, limpeza e recuperação do sistema de drenagem e recuperação dos sistemas elétricos e iluminação.

Somente após a realização das melhorias, prosseguiu ele, a concessionária estará liberada para cobrança de pedágio. Conforme o contrato, no trecho em questão serão instaladas três praças de pedágio. Uma delas na MT-320, Km 14,7 – nas proximidades de Colíder. Outra também na MT-320, Km 59,8, em Nova Canaã do Norte e a terceira na MT-208, KM 23, no município de Alta Floresta. O valor será de R$ 7,90, cada trecho. O valor global do contrato com a concessionária para os 30 anos de concessão é de R$ 1,918 bilhão.

Durante discurso na cerimônia de assinatura da minuta de contrato, realizada no auditório Garcia Neto, no Palácio Paiaguás, na presença do secretário Marcelo de Oliveira, da Sinfra, e o presidente do consórcio, Cérsar Menezes, Mendes pediu à Via Brasil celeridade e destacou a necessidade devido ao potencial econômico da região.

“Gostaria de pedir à empresa que faça um esforço e inicie o mais rápido possível esse trabalho de recuperação nessa região. Esse gesto será muito bem visto pela população e por todos nós se conseguirmos antecipar esse serviço”, pediu o chefe do executivo de Mato Grosso.

Na ocasião, o governador destacou ainda que os estados, hoje, são incapazes de prover de forma eficiente várias áreas de serviços ao cidadão, por isso optar pelas concessões e privatizações têm se mostrado o melhor caminho.

“Mato Grosso possui muita demanda de rodovias estaduais não pavimentadas, mas não terá, no universo de algumas décadas, dinheiro para fazer frente a todas essas obras, por isso é importante construir alternativas viáveis para solucionar o problema”, afirmou, dizendo que o governo vai continuar com essa política para alcançar o desenvolvimento estadual.

Segundo o titular da Sinfra, a assinatura de contrato oficializa o trabalho do Estado e agiliza um processo com o consórcio que deveria ter iniciado já em 2018.

O prefeito de Colíder, um dos municípios beneficiados com a recuperação das rodovias no Nortão, Noburo Tomiyoshi, avaliou que a região é uma nova fronteira agrícola e tem grandes investimentos, como usinas hidrelétricas. Dessa forma, a concessão da MT-320 é indispensável. “Esse contrato é extremamente importante porque nós, primeiramente, precisamos de boas estradas. Além disso, dependemos delas para produzir”.

fonte:  Só Notícias (foto: assessoria)


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*