Menino de 8 anos pega a arma do avô no carro, faz um disparo acidental e morre em Mato Grosso

O menino Luis Eduardo Senger, 7 anos, morreu vítima de um tiro acidental no início da noite desta segunda (14) em Paranatinga (a 373 km de Cuiabá). A arma em questão era do avô do menino, Luiz Balbino Filho, 69, e estava dentro da caminhonete dele, estacionada em frente à casa do garoto. Ao ser tingido, Luis Eduardo chegou a ser socorrido e encaminhada a um hospital da região pela própria Polícia Militar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com o boletim de ocorrência, o avô, Luiz Balbino, chegou da fazenda e o neto estava esperando por ele no portão. Quando o avô chegou, a criança deu um abraço nele e o suspeito entrou. Em questão de minutos, familiares ouviram um barulho de disparo de arma de fogo. Quando o avô saiu, viu o menino ferido com um tiro de baixo do braço do lado direito. Diante da situação, a tia do menino, que é soldada da PM, acionou a polícia que levou o menino para atendimento.

No hospital, os familiares explicaram que a arma estava em uma sacola dentro da caminhonete e que era utilizada pelo avô somente para caça. Questionados sobre o paradeiro do avô, ninguém soube informar. Relataram apenas que ele estava tomado por uma forte emoção e teria saído sem rumo.

Após a PM ter a confirmação da morte da criança, retornou ao local da tragédia e isolou o local.

A arma ainda estava dentro do carro e não foi apreendida, pois os policiais civis que estavam atendendo à ocorrência pediram para que esperassem a perícia. Portando, ainda não há informações se era usada irregularmente. O caso é investigado pela Polícia Civil.

A reportagem do rdnews tentou entrar em contato com a família, mas os telefones disponíveis no registro policial estão desligados. Até o momento não foi divulgado se o avô da criança foi localizado.

fonte: rdnews


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*