Moradora de Nova Ubiratã é presa por ‘autorizar’ estupro da neta em troca de cestas básicas

Fotografia:Ubirata24horas

Uma mulher de 56 anos, identificada pelas iniciais L.C., foi presa depois de ser acusada de exploração sexual e prostituição contra a própria neta uma adolescente de 13 anos, no distrito Entre Rios, situado a 150 quilômetros de Nova Ubiratã.

De acordo com informações do boletim de ocorrência da Polícia Militar, Emedival de Sousa Menezes suspeito de manter relações sexuais com a adolescente em troca de favores a avó dela também foi preso.

Um dos envolvidos confessou o crime a polícia e informou que namorava com a menor com o consentimento da avó dela. Após receber as informações, os policiais se deslocaram até a residência da família onde encontraram armas e munições.

Lá, a vítima contou que foi estuprada por várias vezes até mesmo pelo vizinho em troca de favores. Um deles é horas de esteira e cesta básica.

A mulher foi presa. Ela e o suspeito foram levados para a delegacia de Polícia Civil da cidade. Já a menor está sob os cuidados do Conselho Tutelar de Nova Ubiratã.

Editorial – A identidade da avó não foi revelada para evitar a exposição da vitima.

Fonte:Redação / GD por Rayane Alves


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*