Mortes de profissionais da educação por Covid-19 aumentam 45% em duas semanas em MT, diz Sintep

Número de mortes de profissionais da educação por Covid-19 aumenta 45% em MT — Foto: Sintep/MT

Número de mortes de profissionais da educação por Covid-19 aumenta 45% em MT — Foto: Sintep/MT

O número de mortes de profissionais da rede de educação pública estadual aumentou 45% em menos de 15 dias, segundo o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep).

Segundo o levantamento do sindicato, do último dia 12 até essa quarta-feira (24), pelo menos 18 profissionais morreram no estado.

Desde o início da pandemia, foram 58 mortes. A média nas últimas duas semanas é de mais de uma morte de trabalhador da educação por dia.

Outro ponto constatado nas notificações é o perfil dos profissionais que foram a óbito.

Na primeira onda da pandemia, grande parte dos educadores que morreram em decorrência da Covid-19 eram aposentados.

A partir de 2021, os registros aumentaram significativamente entre os trabalhadores da educação na ativa, com faixa etária entre 30 e 50 anos.

Diante deste cenário, o Sintep reafirma a defesa pelo isolamento social e pede a vacinação imediata de todos, com os profissionais da educação no grupo prioritário.

Casos de Covid-19

Mato Grosso registrou 62 mortes mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) nesta quarta-feira (24).

Com isso, o estado chega às 7.095 mortes e 294.974 casos confirmados da doença. O mês de março, antes de terminar, já é o mais fatal desde o início da pandemia em Mato Grosso, superando o número de mortes em julho de 2020, quando, até então, havia sido registrado o pico da pandemia.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*