Mulher acusa cliente de agredi-la e não pagar ‘programa’em Sinop

A mulher, de 35 anos, registrou um boletim de ocorrência, ontem, na delegacia de Polícia Civil informando que trabalha como garota de programa, recebeu um cliente em sua casa localizada no bairro Jardim Celeste e pós o ato sexual o acusado disse que não pagaria os R$ 150 combinados pela meia hora.

A denunciante relatou ainda que o acusado ficou agressivo e passou a agredi-la com empurrões. Depois, chutou a porta da residência que acabou caindo.

O boletim de ocorrência não informa se a mulher chegou a ficar ferida ou se precisou de atendimento médico. O nome do suspeito e telefone foram passados aos policiais para ajudar nas investigações.

fonte: Só Notícias/David Murba


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*