Mulher mata homem a facadas em MT, é presa e alega que vítima ameaçou estuprar a filha dela, diz polícia

José Ildo Batista, também 44 anos, foi morto enquanto dormia em um prédio abandonado. À polícia, Eliane Alves Nunes, 44 anos, disse que ele estava assediando a filha dela.

José Ildo Batista, 44 anos, foi assassinado a facadas (Foto: Polícia Civil-MT/ Divulgação)

José Ildo Batista, 44 anos, foi assassinado a facadas (Foto: Polícia Civil-MT/ Divulgação)

Uma mulher de 44 anos foi presa por suspeita de matar um homem com várias facadas no pescoço nesta sexta-feira (29), em Paranatinga, a 411 km de Cuiabá. Eliane Alves Nunes confessou o crime e alegou à Polícia Civil que José Ildo Batista, também 44 anos, ameaçou estuprar a filha dela, que é menor de idade.

Segundo a Polícia Militar, Eliane disse que discutiu com a vítima na noite anterior e que ele tinha quebrado um cabo de vassoura na cabeça dela.

À polícia, a mulher afirmou que a filha estava sendo assediada e que esperou o homem dormir para matá-lo.

De acordo com o investigador da Polícia Civil Valter Sérgio, a vítima foi encontrada morta em um prédio abandonado, que é frequentado por moradores de rua e usuários de drogas, no Bairro Vila Nova.

Enquanto os policiais isolavam o local do crime, a mulher voltou para confirmar se José estava morto.

Segundo o investigador, Eliane foi presa em flagrante e deve responder pelo crime de homicídio doloso – quando há intenção de matar.

A polícia disse que não há confirmou se Eliane e José tinham um relacionamento amoroso.

A morte é investigada pela Polícia Civil.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*