Nuvem de gafanhotos: Argentina monitora possível migração neste sábado

ACOMPANHAMENTO

Segundo a Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul, os insetos estão em área de floresta de difícil acesso, na Argentina, a 130 km de Barra do Quaraí

Por Canal Rural, com informações de Débora Fabrício
Gafanhotos, nuvem de gafanhotos

Argentina fez aplicação de agrotóxicos contra a nuvem de gafanhotos nesta sexta. Foto: Senasa Argentina

As equipes do Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) da Argentina afirmaram monitoraram o local onde estava a nuvem de gafanhotos, após nova aplicação de controle químico nesta sexta-feira, 3, e verificaram “pouco deslocamento dos insetos remanescentes”.

De acordo o órgão, os gafanhotos fizeram voos curtos, que os levaram a se instalar quatro quilômetros ao sul da posição anterior. O monitoramento deve continuar neste sábado, “quando, segundo condições climáticas previstas, pode haver novo deslocamento migratório”.

A divisão de Defesa Vegetal da Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul segue em alerta na fronteira com a Argentina, porque acredita-se que apenas de 10% a 15% da nuvem foi eliminada na última aplicação de agrotóxicos. Os insetos estão em áreas de florestas de difícil acesso, a 130 km de Barra do Quaraí.

 

fonte: Canal Rural


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*