Paciente morre em hospital de Sorriso (MT) após contrair vírus da gripe H3N2

A morte ocorreu no dia 18 de maio, mas a causa só foi descoberta nesta semana. O vírus H3N2 é um tipo de vírus Influenza A que, como o H1N1, causa gripe.

Paciente morre em hospital de Sorriso (MT) após contrair vírus da gripe H3N2 (Foto: Divulgação)

Paciente morre em hospital de Sorriso (MT) após contrair vírus da gripe H3N2 (Foto: Divulgação)

Um paciente de 40 anos morreu internado em um hospital particular em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, após contrair o vírus da gripe H3N2 em Mato Grosso. A morte ocorreu no dia 18 de maio, mas a causa só foi descoberta nesta semana.

Exames laboratoriais confirmaram nesta semana que a vítima, que trabalhava como soldador, morreu por complicações da doença. O paciente morava em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá.

Já em coma induzido, ele foi trazido para um hospital particular de Sorriso onde ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu e morreu no dia 18 de maio.

O vírus H3N2 é um tipo de vírus Influenza A que, como o H1N1 (aquele da gripe suína) causa gripe. O H3N2 é um vírus peculiar, pois nesta última temporada americana, observou-se que ele sofreu uma mutação e conseguiu “enganar” a vacina da gripe.

Apesar de a morte ter acontecido na UTI de um hospital particular em Sorriso, por ser morador da cidade vizinha, o óbito é contabilizado no município de Lucas do Rio Verde,

A coordenadora de vigilância em saúde da secretaria municipal de saúde em Lucas do Rio Verde, Keli Paludo Fernandes, destaca que não há motivos para pânico, mesmo entre as pessoas que tiveram contato com a vítima.

“Nós procuramos a direção do hospital particular de Sorriso. Eles informaram que já foram notificados sobre esse caso positivo para H3N2 e que tomaram todas as medidas de precaução para combate a doença”, declarou.

O exame foi confirmado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Mato Grosso (Lacen) e entregue à família do paciente.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*