Personal e mandante tiveram ligações do mesmo número antes da morte

O mesmo número de telefone também ligou para o mandante do crime, Guilherme Dias. A Polícia Civil trabalha para identificar quem foi o autor das ligações.

Dados contidos no celular do personal trainer Danilo Campos, morto em novembro de 2017, mostram que ele foi vítima de uma emboscada. Os dados foram extraídos pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e analisados pelo núcleo de inteligência da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Danilo estava na Rua General Ramiro de Noronha, em Cuiabá,  às 21h20 do dia 8 de novembro, quando uma dupla se aproximou em uma motocicleta. O garupa sacou a arma, atirou diversas vezes e fugiu. Duas pessoas foram presas pelo assassinado, Walisson Magno da Silva e Guilherme Dias – executor e mandate do crime.

Reprodução

Wellison e Guilherme danilo Campos

Ane Lise foi pivô na execução do personal.

“Analisando o histórico de chamadas do número usado por Guilherme Dias de Miranda, foi verificado que o número (xx xxxxx-8042), ligou para Guilherme às 20h22, na data do fato, dia 08/11/2017, pouco antes do crime. Foi verificado que o mesmo número ligou para Danilo às 19h36, dia 08/11/2017; novamente o mesmo número liga para Danilo às 20h20; e por último às 21h22, o que dá indícios de emboscada”, consta na análise policial.

Guilherme foi visto passando logo em seguida no local do crime com seu carro, inclusive, desviando do corpo.

Guilherme Dias e Walisson foram presos no dia 9 de março, em São Paulo, usando documentação falsa e com passagens compradas para os Estados Unidos.

A mulher que teria sido pivô do crime, Ane Lise Hovoruski, 29 anos, foi presa no dia 24 de fevereiro em Foz do Iguaçu, no Paraná. Ela foi ouvida em Cuiabá e liberada para responder em liberdade, após as investigações concluírem que ela era ameaçada por Guilherme para que escondesse o crime.

A DHPP ainda trabalha para identificar quem foi a pessoa que ligou para Danilo, marcando o local do assassinato e também a pessoa que pilotava a moto para que Walisson Magno efetuasse os disparos.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*