Ponte sobre o Rio Teles Pires que liga Sinop ao Vale do Arinos na MT 220 passará por obras e motoristas devem usar balsa para travessia a partir das 12:00 horas desta segunda (18/06/2018)

Interdição deve ocorrer a partir das 12h desta segunda-feira (18), entre Sinop e Juara. Duas balsas devem ser usadas para a travessia dos veículos e serviço será gratuito.

Ponte passará por obras de elevação devido à construção da Usina Hidrelétrica de Sinop (Foto: Reprodução/TVCA)

Ponte passará por obras de elevação devido à construção da Usina Hidrelétrica de Sinop (Foto: Reprodução/TVCA)

A realização de obras para elevação da ponte de concreto sobre o Rio Teles Pires, na MT-220, em Sinop, a 503 km de Cuiabá, deve causar mudanças na travessia do rio a partir das 12h desta segunda-feira (18).

Os trabalhos devem durar cerca de 45 dias e a expectativa é de que, até o fim de julho, o tráfego pela ponte seja liberado.

Com o bloqueio, os motoristas que precisarem seguir por aquele trecho entre Sinop e Juara, a 690 km da capital, devem contar com balsas para atravessar o trecho. A travessia será gratuita, segundo a empresa responsável pelas obras.

De acordo com o diretor de Engenharia Ricardo Padilha, a ponte deverá ser elevada em 70 cenímetros e os reparos são necessários devido a construção da Usina Hidrelétrica de Sinop.

“Da mesma forma que o lago se movimenta nesta altura, a ponte também tem que se movimentar, de acordo com os cálculos que já foram feitos”, disse.

Duas balsas serão usadas para fazer a travessia dos veículos pelo Rio Teles Pires (Foto: Reprodução/TVCA)

Duas balsas serão usadas para fazer a travessia dos veículos pelo Rio Teles Pires (Foto: Reprodução/TVCA)

Duas balsas devem fazer a travessia dos veículos, sendo que uma delas deverá levar apenas os veículos pesados – como caminhões, carretas e ônibus – e a outra, apenas os veículos menores. Cada balsa deve levar de 20 a 25 carros e de 3 a 5 veículos pesados.

Segundo a empresa, os horários de pico – maior concentração de veículos para atravessar – serão na parte da manhã, das 6h às 10h, e no período da tarde, das 17h às 22h.

Para acessar as balsas, os motoristas que seguem pela rodovia deverão desviar para o aterro e aguardar em fila dupla pelo transporte. A travessia deve durar de 10 minutos a 15 minutos.

“O local é iluminado, terá segurança 24 horas e vamos contar também com organizador de fila para que tenhamos a menor interferência possível”, afirmou.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*