Produção de soja pode chegar a 185 milhões de toneladas em 2030, diz Mapa

FUTURO DA PRODUÇÃO

No entanto, crescimento nos próximos 10 anos depende do aumento de produtividade para chegar a esses números. Entenda!

Por Daniel Popov, de São Paulo – Canal Rural

O Brasil pode chegar a safra 2029/2030 com uma produção de até 185,9 milhões de toneladas de soja aponta um estudo realizado pelo Ministério de Agricultura do país. Isso representa um aumento de 54,5% ante os 120,3 milhões de toneladas produzidas na temporada 2019/2020. Esse avanço seria comparável ao resultado registrado de 2009 a 2019 (alta de 60% no período).Mas se a produtividade não crescer, o país pode não conseguir esse resultado.

O estudo do Ministério da Agricultura considera limites superiores e inferiores para suas projeções. Ou seja, valores mínimos e máximos. No caso da produção, o limite inferior de produção até 2030, foi estimado em 156,5 milhões de toneladas, que daria um avanço de apenas 30,1% nos próximos 10 anos (confira a tabela abaixo). Isso tudo dependendo da produtividade, já que a área estimada é a mesma até lá, na casa dos 46,6 milhões de hectares, contra os atuais 36,8 milhões de hectares.

A produtividade média atual (2019/2020) é de 54,41 sacas por hectare. Já para a safra 2029/2030 espera-se uma média entre 55,96 sacas por hectare (considerando a produção final de 156,5 milhões de toneladas) e 66,48 sacas (considerando a produção de 185,9 milhões de toneladas. No caso “minimo” o avanço em 10 anos seria de apenas 2,8%, no máximo chegaria a 22,1%. De 2009 até 2019 o crescimento neste quesito foi de 11,54%.

“É a lavoura que mais deve expandir a área na próxima década, seguida pelo milho de segunda safra e pela cana de açúcar. A produtividade da soja é considerada como grande desafio nos próximos anos”, afirma o estudo.

Demanda

Se por um lado há previsão de aumento na produção, do outro mostra que a demanda seguirá aquecida. Segundo o Mapa, o consumo doméstico de soja em grão deverá atingir em 2030 um total entre 53,7 milhões de toneladas e 61,4 milhões de toneladas. Atualmente o consumo interno está em 44,2 milhões de toneladas.

“A soja deve crescer, nos próximos anos, pouco acima do consumo de milho, que está projetado em 24,7% entre 2020 e 2030, ambos produtos essenciais na preparação de rações. O consumo de milho reflete um acréscimo em relação a estudos anteriores devido à demanda de milho para a produção de etanol e também ao aumento da demanda para a produção de rações. A Abiove projeta um consumo de soja da ordem de 62,6 milhões de toneladas no próximo decênio”, afirma o Mapa..

Na outra ponta estão as exportações que devem crescer de 84 milhões de toneladas na safra 2019/2020, para algo entre 103,4 e 134,3 milhões de toneladas, 60% de avanço se considerar o limite superior e 23,1% no limite inferior.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*