Quase 23 denúncias contra médicos são registradas por mês no CRM-MT

De janeiro a junho deste ano, foram abertas 139 sindicâncias para apurar a conduta de médicos no estado. Em todo o ano de 2017, o CRM registrou 239 denúncias.

Dados são do Conselho Regional de Medicina (Foto: CRM-MT)

Dados são do Conselho Regional de Medicina (Foto: CRM-MT)

Um levantamento feito pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), aponta que, de janeiro a junho de 2018, foram abertas 136 sindicâncias contra médicos no estado. O número representa quase 23 denúncias por mês. Desse total, 30 foram convertidas em processos éticos e ainda estão sendo apuradas.

Outras 107 sindicâncias remanescentes de 2017 ainda tramitam no conselho.

Do total sindicâncias apuradas e julgadas até 25 de julho: 106 foram arquivadas e 30 foram convertidas em processos éticos e ainda são apurados.

Em 2017

No ano passado, 242 denúncias foram julgadas. Dessas, 197 foram arquivadas e 45 viraram processos éticos. Cerca de 24% das sindicâncias instauradas são relacionadas à área de ginecologia e obstetrícia.

Punição

Dos médicos denunciados, 76 foram julgados em 2017. Desses, 53 foram absolvidos e 23 condenados. Sendo que 17 receberam penas privadas e seis penas públicas. Desses seis, apenas um teve como resultado a cassação do registro profissional do médico.

De acordo com o CRM, a maior área com incidência de processos por falha ou erro de atuação é a ginecologia e obstetrícia.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*