Sem Mauro, DEM oficializa Júlio Campos como candidato ao Senado em convenção com 2 mil apoiadores

DECISÃO UNÂNIME

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco assumiu a primeira suplência. O segundo da chapa do ex-governador será escolhido nesta quinta-feira

O ex-governador Júlio Campos deve ter o nome oficializado na convenção desta quarta-feira (11).

Por unanimidade, o ex-governador Júlio Campos foi oficializado como candidato do Democratas para eleição suplementar ao Senado. A definição ocorreu na convenção do partido, na noite desta quarta-feira (11), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco, líder do Governo Mauro na Assembleia Legislativa, foi escolhido como primeiro suplente da chapa. O segundo suplente deve ser definido na quinta-feira (12). O mais cotado até o momento é o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga.

Antes da definição, Júlio justificou a ausência do governador Mauro Mendes na convenção do partido, que contou com mais de 2 mil apoiadores.

Segundo Júlio, o governador comunicou ao presidente da sigla, Fábio Garcia, que não poderia comparecer ao evento porque estava cumprindo agenda em Belém (PA).

Sobre a postura de Mendes na eleição, o ex-governador espera que ele cumpra a promessa que fez a executiva estadual de permanecer neutro, apesar de acreditar que ele possa manifestar apoio no decorrer da eleição.

Três nomes ligados à base devem concorrer ao pleito, além de Júlio Campos, tem o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) e Carlos Fávaro (PSD).

“Esperamos que cumpra o compromisso assumido com o partido – de manter a neutralidade – porque não queríamos forçar ele a nos apoiar por sabermos da ligação de amizade, de companheirismo, e de apoio que tem com Otaviano Pivetta que deu para nossa candidatura, em 2018, e é o vice-governador do Estado, companheiro de primeira hora. Sabemos também do apoio do atual senador Carlos Fávaro, que deve assumir que próximos dias, interinamente, [ao cargo de senador] também deu na eleição passada na nossa coligação e era o nosso segundo candidato”, comentou.

“Eu acredito que o governador vai pensar, vai analisar friamente daqui para frente e poderá realmente definir um candidato, mas vamos aguardar ainda está cedo”, complementou.

A convenção do DEM reúne as principais lideranças do partido, como o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, o presidente estadual, Fábio Garcia, deputado estadual e líder do governo, Dilmar Dal Bosco e o senador Jayme Campos. A estimativa é que tenha mais de 20 mil pessoas no encontro.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*