Servidor é preso se masturbando em estacionamento da Assembleia

O homem acabou confessando à PM que estava se masturbando no estacionamento público e que não essa não foi a primeira vez que isso teria ocorrido.

A Polícia Militar recebeu uma denúncia de que o homem, de 35 anos, estaria se masturbando no estacionamento.

A Polícia Militar prendeu por ato obsceno um servidor da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação MTI (antigo Cepromat) que estava se masturbando no estacionamento próximo da Casa Casa Civil e da Assembleia Legislativa (AL-MT), no Centro Político e Administrativo (CPA) de Cuiabá.

De acordo com Boletim de Ocorrência, a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que o homem, de 35 anos, estaria se masturbando no estacionamento.

Uma guarnição foi deslocada para o local e confirmou o fato.

Quando os policiais foram fazer a abordagem, o rapaz se assuntou e saiu correndo do estacionamento no sentido do Palácio Paiaguás (sede do Governo).

Os policiais então perseguiram o servidor e o capturaram antes que ele entrasse no Palácio.

Ele acabou confessando à PM que estava se masturbando no estacionamento público e que essa não foi a primeira vez que isso teria ocorrido.

Diante da confirmação, o rapaz foi encaminhado à Central de Flagrantes.

Os policiais ligaram para a mulher do acusado, informando o ocorrido.

Segundo consta no B.O, a mulher não se surpreendeu com o ato obsceno e informou aos policiais que há quatros ano o seu marido foi preso pelo mesmo motivo.

Depois das informações, a guarnição resolveu fazer um levantamento e descobriu que já havia outras duas denúncias de servidores públicos relatando o ato obsceno praticando pelo homem, em outras oportunidades.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*