Sócio de restaurante na Salgadeira rebate ‘fake news’ sobre preços; saiba quanto custa

Foto: Christiano Antonucci/Gcom-MT

Salgadeira já está aberta para o banhoSalgadeira já está aberta para o banho

O sócio do restaurante instalado no Complexo Turístico da Salgadeira, Bruno Batata, rebateu um ‘fake news’ (notícia falsa) que circula pelas redes sociais sobre os preços que estão sendo praticados no empreendimento: “Estes valores abusivos não são verdade, é tudo invenção que jogaram na internet”. O banho está sendo cobrado no local, mas ao custo de R$ 5 por pessoa. A entrada para contemplação segue gratuita.

“Este tipo de coisa atrapalha um trabalho que está sendo feita para revitalizar aquele local. A Salgadeira é um patrimônio de todos nós. Aquilo que estão colocando de preço de prato a R$ 250, estacionamento a R$ 50, não procede. É tudo muito acessível, para que todos possam aproveitar esta beleza natural, mas com responsabilidade”, comentou Bruno ao Olhar Direto.

Bruno também aproveitou para detalhar os preços que estão sendo cobrados na Salgadeira: “Estamos com preços acessíveis, o banho custa R$ 5, o estacionamento R$ 10, a cerveja e o refrigerante R$ 4. Além disto, temos cachorro quente a R$ 8 e o prato com galinha com arroz ou Maria Izabel por R$ 15”.

Desde o último sábado (30), o restaurante começou a funcionar e servir almoço diariamente. No cardápio, estarão pratos tradicionais, como galinha com arroz e Maria Izabel, além de pastel, cachorro quente, açaí e sorvete.

Segundo Bruno Batata, o local foi instalado na parte de cima da cachoeira, e será uma parada obrigatória aos visitantes. “Faremos uma parada obrigatória para as pessoas tomarem um lanche, café, suco, água de coco. De resto, vamos executar o plano de trabalho da concessão”, disse.

O resultado da licitação do ‘Terminal de Turismo Social e Lazer Salgadeira’ foi publicado no Diário Oficial na última quarta-feira, dia 27 de junho. Na publicação, está especificado que a empresa vencedora foi ‘LB Steak House’, que pagará o valor de R$10 mil por mês pelo espaço.

A reforma

Ao custo de R$ 12,6 milhões, a reforma foi executada pela empresa Concremax Engenharia Ltda. Segundo a Secretaria de Cidades (Secid), a Salgadeira está mais organizada, moderna e cumprindo exigências de responsabilidade ambiental. Agora, o complexo passará a contar com restaurante amplo, minimuseu, loja de souvenir, posto policial, mini auditório, área administrativa, playground, paisagismo e duas guaritas.

A novidade do projeto está na construção de uma estação de tratamento de esgoto, 24 postes de oito metros de altura, com lâmpadas de LED movidas à energia solar e a implantação de 540 metros de trilhas metálica, por onde os visitantes irão andar durante o passeio para evitar o contato com o solo e, consequentemente, sua depredação.

O local também terá mirantes, rampas e portas que permitem acesso de pessoas com deficiência. Além de estacionamento com 100 vagas para veículos, sendo cinco para ônibus, 84 para carros, além de 10 reservadas ao administrativo do complexo.

Confira abaixo a mensagem falsa que circula pela internet:

fonte: olhar direto


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*