Suplente de vereador morre a tiros no centro histórico de cidade em MT

Nivaldo Gomes de Souza estava dentro de um carro conversando quando foi atingido na cabeça e morreu.

Por Vinicius Rangel, TV Centro América


Nivaldo Gomes de Souza foi atingido por um tiro na cabeça e morreu — Foto: TVCA/Reprodução

Nivaldo Gomes de Souza foi atingido por um tiro na cabeça e morreu — Foto: TVCA/Reprodução

Um suplente de vereador foi morto a tiros no Centro Histórico de Arenápolis, a 259 km de Cuiabá, na noite dessa quarta-feira (8). Nivaldo Gomes de Souza, conhecido como Nivaldo do Posto, estava dentro de um carro quando foi atingido na cabeça e morreu.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima conversava com uma pessoa dentro do veículo. Um carro branco, ainda não identificado, parou ao lado de Nivaldo e atirou várias vezes contra ele. O suplente morreu ainda no local.

Atá agora ninguém foi preso ou identificado. A Polícia Civil informou que vai investigar o caso.

Nivaldo Gomes chegou a assumir cadeira na Câmara de Vereadores — Foto: TVCA/Reprodução

Nivaldo Gomes chegou a assumir cadeira na Câmara de Vereadores — Foto: TVCA/Reprodução

Nivaldo Gome chegou a assumir uma cadeira da Câmara de Vereadores durante licença médica da vereadora Yvone Medeiros.

O suplente é filho do ex-prefeito de Arenápolis, Cícero Francisco de Souza.

Nivaldo já foi condenado por ser mandante de um homicídio em Arenápolis e chegou a cumprir a pena num presídio do estado.

Ele já vinha sofrendo ameaças e chegou a se mudar para Cuiabá, mas depois retornou para Arenápolis. Em outra ocasião, o ex-vereador sofreu uma tentativa de homicídio.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*