Taques: “Essas pessoas têm que passar óleo de peroba na cara”

As declarações do governador Pedro Taques são referentes às críticas de atraso na entrega do novo Pronto-Socorro de Cuiabá.

O governador Pedro Taques (PSDB) rebateu críticas feitas pela oposição com relação à compra dos equipamentos do novo Pronto-Socorro de Cuiabá. O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) tem criticado o fato de os R$ 100 milhões, destinados pela bancada federal de Mato Grosso, terem sido utilizados para socorrer a Saúde do Estado com o compromisso de que o Governo faça o repasse para compra dos equipamentos do Pronto-Socorro.

“Essas pessoas têm que passar óleo de peroba na cara e entender o seguinte: a nossa administração é que iniciou a construção do Pronto-Socorro, no terceiro mês da nossa administração. Enquanto muitos passaram e não fizeram absolutamente nada, nós é que estamos fazendo”, disse o governador.

Mendes constrói sua candidatura ao Governo do Estado para enfrentar Taques em uma possível tentativa de reeleição.

“Essa questão do Pronto-Socorro, nós temos que colocar ela na verdade. Muitos que estão fazendo críticas à demora do Pronto-Socorro nunca pensaram no Pronto-Socorro. Essas pessoas têm que passar óleo de peroba na cara e entender o seguinte: a nossa administração é que iniciou a construção do Pronto-Socorro, no terceiro mês da nossa administração. Enquanto muitos passaram e não fizeram absolutamente nada, nós é que estamos fazendo”, disse o governador na última quarta-feira (27).

Depois de um impasse entre Taques e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), ficou acordado no final do ano passado que o Governo do Estado repassaria os valores depois que o edital de compra dos equipamentos fosse concluído.

A obra do Pronto-Socorro tinha previsão inicial de conclusão para abril deste ano, o que não ocorreu. A nova data estipulada pela Prefeitura é abril de 2019. O governador disse considerar que a demora é “uma questão normal de obra”.

“A bancada destinou R$ 100 milhões para o Estado com o compromisso de equipar o Pronto-Socorro. O que existe é muita gente querendo dar pitaco no que não fez no passado, querendo fazer agora”, disse o tucano.

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*