Ulysses Moraes divulga lista de gastos com VI; Barranco, Romoaldo e Faissal lideram

Ulysses Moraes divulga lista de gastos com VI; Barranco, Romoaldo e Faissal lideram

Uma lista divulgada pelo deputado Ulysses Moraes apontou que 22 deputados estaduais de Mato Grosso gastaram mais de R$ 60 mil com verba indenizatória no mês de fevereiro. Cada deputado tem disponível R$ 65 mil para estes tipos de gastos. No total, 24 parlamentares atuam perante à Casa de Leis.

Para o ressarcimento dos gastos basta que o deputado apresente uma solicitação e  montante (até o limite de R$ 65 mil) será reembolsado, sem necessidade de prestação de contas. Valdir Barranco (PT), Romoaldo Júnior (MDB) e Faissal Calil (PV) lideram a lista dos que mais gastaram. Em contrapartida, Ulysses Moraes (DC) gastou apenas R$ 3.097,78.

Os três deputados que mais gastaram com verbas indenizatórias em fevereiro, segundo a lista divulgada pelo deputado Ulysses Moraes, foram Valdir Barranco (PT), Romoaldo Júnior (MDB) e Faissal Calil (PV), todos com gastos que ultrapassam R$ 64 mil.

A lei que garante a verba indenizatória de R$ 65 mil a todos os deputados estaduais de Mato Grosso foi aprovada em 2015. Ela sempre foi alvo de polêmicas, chegando a ser julgada pelo Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que a manteve.

Já neste ano o governador Mauro Mendes sancionou a lei, de autoria do deputado Max Russi (PSB), que definiu que os deputados podem renunciar ao valor total, ou à parte, da verba indenizatória no início de seu mandato.

Também neste ano o deputado Ulysses Moraes propôs projeto de lei que visa reduzir pela metade a verba indenizatória dos 24 deputados e dos servidores de alto escalão do Poder Legislativo. Ele, inclusive, divulgou em seu perfil no Instagram uma lista com os gastos com verba indenizatória de todos os deputados em fevereiro.

Valdir Barranco teria gasto os R$ 65 mil completos, seguido pelo deputado Romoaldo Júnior, que gastou R$ 64.999,50 e pelo deputado Faissal Calil, que gastou R$ 64.998,30. Os que menos gastaram foram os deputados Max Russi (R$ 58.500) e Ulysses Moraes (R$ 3.098,78). Todos os outros deputados gastaram mais de R$ 60 mil com verbas indenizatórias em fevereiro.

No Instagram vários comentaristas criticaram os deputados e cobraram a prestação de contas dos valores gastos. Faissal Calil pediu calma a um deles e disse “vou fazer um vídeo no final do mês, mostrando onde foi gasto”.

fonte: olhar direto


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*