Vereador Ilso Pereira de Tabaporã-MT repudia o uso do CPF de sua esposa para solicitação de Auxílio Emergencial e ela registra Boletim de Ocorrência para que caso seja investigado; Veja o B.O.

No último dia 19 de Junho de 2020 foi veiculada uma matéria pelo site www.omelhordanoticia.com.br às 17:32:51 horas com o seguinte título: Tabaporã: Relação de Beneficiários do Auxílio Emergencial consta nomes de empresários, autônomos e outras pessoas que desenquadram em alguma das regras para concessão aplicadas pelo governo federal (quer seja por terem emprego formal ou renda superior); Acessem a relação nominal e confiram!, a qual trazia um link do site Transparência Brasil e que disponibilizava uma relação de 2.291 beneficiários do auxílio no município que representa aproximadamente 24,15% da população de Tabaporã que é de 9.489 habitantes segundo o IBGE.

Diante da veiculação da material que trazia nesta relação nomes de empresários, autônomos, fazendeiros  e outros que desenquadram as regras para a concessão do auxílio pelo governo federal apareceu nesta lista o nome da esposa do vereador Ilso Pereira a senhora Fúlvia Mara Aparecida da Paixão a qual jamais teve conhecimento que fez tal solicitação.

De acordo com Fúlvia a pedido da mesma a Polícia Militar de Tabaporã na data de hoje (20/06/2020) às 19:00 horas deu início ao registro de Boletim de Ocorrência concluído às 19:55 horas, pois jamais solicitou ou recebeu auxílio emergencial em sua conta bancária e após a confecção do B.O. sera aberta investigação de que usou seu CPF para tal solicitação fraudulenta, pois Fúlvia tem vínculo emprecáticio com a secretaria municipal de educação, além de seu esposo ser vereador em Tabaporã.

Tanto o vereador Ilso Pereira quanto à sua esposa Fúlvia repudiam tal ato e disseram a reportagem que não descansarão enquanto os culpados não forem descobertos e responsabilizados, uma vez que jamais solicitariam um benefício sem precisar, tirando assim a oportunidade de um cidadão Tabaporaense que necessite.

Veja abaixo a Cópia do Boletim de Ocorrência:

Página 01 do Boletim de Ocorrência registrado por uso indevido de documentos para solicitação de Auxílio Emergencial junto ao Governo Federal
Página 02 do Boletim de Ocorrência registrado por uso indevido de documentos para solicitação de Auxílio Emergencial junto ao Governo Federal

Da Redação de O Melhor da Notícia


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*