Vítima de violência doméstica tem morte cerebral após agressão e marido é preso ao visitá-la em hospital em MT

Cristiane Machry de Oliveira, de 25 anos, está internada no Hospital Regional de Cáceres. Suspeito do crime, marido alega que mulher caiu no banheiro e bateu a cabeça no vaso, segundo a polícia.

Homem é preso sob suspeita de violência doméstica (Foto: Facebook)Homem é preso sob suspeita de violência doméstica (Foto: Facebook)

Homem é preso sob suspeita de violência doméstica (Foto: Facebook)

Uma jovem de 25 anos sofreu morte cerebral na quarta-feira (27), depois de uma semana internada no Hospital Regional de Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Cristiane Machry de Oliveira teve traumatismo craniano e perda da massa encefálica após sofrer agressão em Rio Branco, a 367 km da capital, onde a família mora, segundo a Polícia Civil.

O marido dela, Uéliton Rodrigues de Jesus, 26 anos, foi preso nessa quarta-feira como principal suspeito do crime. Ele foi preso no hospital quando fazia uma visita à vítima.

De acordo com a Polícia Civil, Cristiane foi internada no dia 19 de junho com uma grave lesão na cabeça. Quando ela deu entrada no hospital, o marido alegou que ela tinha sofrido um acidente doméstico. Segundo o suspeito, ela caiu no banheiro e bateu a cabeça no vaso sanitário.

No entanto, a equipe médica suspeitou que poderia se tratar de um caso de violência doméstica e comunicou a polícia.

Durante as investigações, a família e os vizinhos do casal afirmaram que o relacionamento deles era conturbado e brigavam com frequência.

Depois da prisão, Uéliton continuou negando que tivesse agredido a mulher, mas para a polícia as circunstâncias indicam crime de violência doméstica.

A Polícia Civil de Rio Branco está investigando o caso.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*