Vizinhos surram homem por estuprar o neto de um ano

Uma tia da criança percebeu o crime e disse à polícia que também foi estuprada pelo pai quando tinha 9 anos.

Um grupo de pelo menos cinco pessoas tentou matar um homem de 46 anos, a pauladas, no bairro Vila Rica, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). O motivo da revolta seria o fato de ele ter estuprado o neto, de apenas 1 ano.

O estupro, conforme boletim de ocorrência, aconteceu na noite de domingo (05), quando a criança foi deixada pela mãe sozinha com o avô. Após um período, o homem surgiu com o menino chorando muito e a entregou para a avó.

Uma tia da vítima, de 17 anos, que é filha do estuprador, notou que o menino estava com ferimentos na região anal e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou a criança para atendimento médico.

Aos policiais, a tia disse que também foi estuprada pelo pai, quando tinha 9 anos, reforçando a tese de que o menino foi estuprado pelo avô. Na época, ela foi forçada a negar os fatos por pressão da família.

No hospital foi confirmado que a criança havia sido estuprada, devido aos ferimentos na região anal e forte odor de fezes.

Ao ser surrado pelos vizinhos, o homem sofreu vários ferimentos pelo corpo, um corte na cabeça e teve o braço esquerdo quebrado.

O crime é investigado pela Polícia Civil.


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*