Acusada em latrocínio é presa fazendo compras em lojas da região central

CASAL BANDIDO

Na delegacia, mulher confessou que sabia do crime contra o professor aposentado Sérgio Ferreira Dias Neto e entregou que o marido, funcionário da vítima, foi um dos assassinos; o homem já está preso por outro crime

Uma mulher de 37 anos, nome não revelado, foi presa na manhã dessa terça-feira (04) enquanto fazia compras em uma loja da região central de Pedra Preta (238 km da Capital). Foi cumprido contra ela um mandado de prisão por envolvimento no latrocínio do professor aposentado Sérgio Ferreira Dias Neto, 55 anos, no dia 11 de março de 2019.

A acusada e o marido de 32 anos, que seriam funcionários da vítima na propriedade, são apontados como mentores do roubo seguido de morte. O homem, que já está preso na penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, por tráfico de drogas, ainda é apontado como um dos executores da vítima e teve o mandado cumprido na unidade prisional.

A mulher foi encaminhada à Delegacia de Polícia de Pedra Preta, onde interrogada, confessou que tinha conhecimento do crime e confirmou que o companheiro foi um dos assassinos. Ressaltou ainda que a intenção era apenas o roubo da caminhonete Chevrolet S-10 do professor, mas a ação teria saído dos planos e a vítima foi morta a pauladas.

A acusada está presa preventivamente, por ordem judicial, enquanto o inquérito é concluído.

Entenda o caso

À época, Sérgio estava em seu sítio na zona rural de Pedra Preta quando foi surpreendido pelos criminosos, que invadiram a propriedade, renderam o professor aposentado, o amarraram, espancaram a pauladas na cabeça e fugiram na S-10. A vítima não resistiu aos graves ferimentos.

Durante as investigações, a polícia descobriu evidências que apontavam que um funcionário da fazenda era o mentor do crime. E logo chegaram ao casal.

O delegado João Paulo Praisner, responsável pelas investigações, representou pela prisão preventiva dos funcionários. O pedido foi acatado pela Justiça e cumprido nesta quarta-feira (04).

 

fonte: reportermt


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*