Senador de MT vai julgar representação de Flávio Bolsonaro contra Renan Calheiros

Jayme é presidente do Conselho desde 2019

Jayme é presidente do Conselho desde 2019

Presidente do  Conselho de Ética, o senador Jayme Campos (DEM) terá a tarefa de julgar a representação do senador Flávio Bolsonaro (Patriota) contra o colega Renan Calheiros (MDB).

O filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro denunciou Renan, que é relator da CPI da Covid, de investigá-lo por ressentimento por ter perdido em 2019 a residência do Senado para Davi Alcolumbre.

Flávio Bolsonaro chegou a mencionar que a CPI foi criada pelo emedebista como uma espécie de “Bunker” particular para a vingança.

Como fez com as representações contra o próprio republicano, Jayme pediu parecer da Advocacia Geral do Senado. Dessa forma, mais uma denúncia pode acabar ficando engavetada.

 

Fonte: ReporterMT


Comentários

Publicidade de Exemplo

Veja Também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*